Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Segunda-feira, 14 de Março, 2011

Parece que desta vez não vou ficar fora dos censos. Ena, ena. Há pouco, quando cheguei a casa, estava uma rapariga à porta de casa para me dar os ditos formulários. Diz que dá para preencher pela net, ena, ena! Somos, mesmo, muito à frente. Agora é preencher a coisa, "onilaine" e já está.

Dá ideia que, finalmente, algumas coisas do meu (outro) banco - na verdade, nenhum deles é meu... infelizmente - estão a ficar resolvidas. E já não era sem tempo. Ainda há um longo caminho a percorrer, mas, creio, já vislumbro a luz ao fundo do túnel.

Por outro lado, o país continua entregue às bruxas. E, o que é pior, o Carnaval já lá vai. Será que já avisaram os nossos políticos (todos, da esquerda à direita)? Que, agora, estamos na quaresma? (e não estou a falar do jogador da bola). Diz que viria (?) aí mais um pacto de estabilidade. E o Sócrates ameaça que, acaso não seja aprovado (mais este) pacto (que a Sra. Drª Merkel até já aprovou, mesmo antes do parlamento e do presidente da república tomar conhecimento oficial, que "bonitú") a situação ficará ingovernável. Mais? Pergunto eu. Seria hilariante, se não fosse trão triste.
Depois temos a greve dos camionistas / transportadores que poderá, à semelhança do que sucedeu há uns anos, originar alguns transtornos, sérios, não só nas prateleiras dos supermercados, como nos combustíveis e outras coisas que tais.
E... onde vamos parar? Pois que não sei. Mas... estava muito bem lá longe, descansadinha, na neve.

tags:
publicado por K às 22:15

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)