Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Domingo, 13 de Fevereiro, 2011

Ao contrário de muita gente, eu gosto de dias assim, como o de hoje. De acordar e ouvir a chuva a cair, copiosamente, sem parar. De olhar pelas janelas e assistir a esta lavagem exterior. É um daqueles dias de Inverno em que só apetece ficar em casa, na ronha, saltitando entre o sofá (e a manta) e o outro sofá (sempre com a bela da manta a acompanhar). Devia fazer uma imensidão de coisas cá em casa, desde arrumar papéis e afins, continuar a libertar os armários da roupa e outras coisas que tais. Devia fazer, mas não tenho a menor vontade. Também devia ter ido almoçar aos meus pais, para dar (mais) força à minha mãe - naturalmente, tenho falado com ela, amiúde - mas, com o dia lá fora assim e a minha preguiça ao rubro... mas a inérica é mais do que muita. Também devia adiantar umas coisas de trabalho... Para já vou dar largas à preguiça que se está a instalar e deixá-la invadir-me. Há dias em que preciso de fazer quase-nenhum. É o meu carregar de baterias. Mais a mais depois dos dias virote que tenho tido. Em princípio, no final do dia irei verificar se está frio, ou se só aparenta estar. E, pronto, no meio da preguiça ainda vou tratando da tarefa semanal habitual (obrigatória?) de lavar roupa, estender, etc. e tal. E... já é uma sorte! Será que dá alguma coisa, de jeito, na "tuvisão"? Isto é uma canseira, só de pensar se vou vegetar à frente da tal "caixinha magica", ou se vou ter a trabalheira de jogar ps, ou por a leitura em dia, ou...  que trabalheira.

tags: ,
publicado por K às 11:40

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)