Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sábado, 12 de Fevereiro, 2011

Por que raio, no meio de um concerto, ao vivo, quase sempre, as bandas (as GRANDES, de renome e tal e coiso) resolvem dizer o nome. Acham que a malta poderá estar ali enganada? Ah espera, não era esta a sala, digo estádio, ou espaço com uma vastidão enorme, que eu queria estar. Era ali ao lado. No concerto dos outros. Estou aqui por engano. Muito obrigada por me terem ajudado. Será por isso? Serviço público, portanto.
Ou têm medo que a malta já esteja tão bem bebida que não se lembre de quem está a ver? - aí, creio, não ajuda muito... se já estamos com os copos, não nos vamos lembrar de nada - logo, deixem lá os bêbados para depois.
Não entendo.

tags:
publicado por K às 11:36

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)