Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Domingo, 29 de Março, 2009

O fim-de-semana...
Saldo do país: ainda a questão do freeport e o eventual envolvimento do PM, juntamente com pressões que andam a ser realizadas junto da investigação. É triste tudo a que assistimos. Em especial pelo clima de "desconfiança" que toda esta história gera ao seu redor. Vivemos num país onde se sente que existe "impunidade" para algumas pessoas... now matter what e, isso, não contribui, em nada, para o nosso progresso. Assim de repente lembro-me de alguns escândalos (casa pia, apito dourado, etc. e tal).
O "apagão" da prestação da nossa selecção para o apuramento do mundial: será que as pessoas se esquecem que em competições a sério TODOS os jogos contam? É certo que ainda faltam alguns, lá voltamos nós ao velho sistema das contas e esperar que haja milagres, para que possamos passar à fase seguinte. Claro que todos os jogos (inclusivé o de ontem) em que em alguns deles até podemos ter jogado bem, mas, para variar, o que contam são os pontos, logo os golos... Infelizmente não consigo deixar de pensar que tudo isto é um grande voltar ao passado, onde às vezes dá ideia que os jogadores "receiam" a finalização... lá estou eu com o meu mau feitio. Mas a verdade é que enquanto nos vão entretendo com estas duas histórias, outras passam ao lado, ou quase.

Mais uma semana passou e ainda não há qualquer desenvolvimento na situação da minha mãe (mais um exemplo da celeridade que caracteriza a forma como, neste país, se lidam com as situações). Parece que o exame que os médicos precisam (e que se tinham esquecido de prescrever, fizeram-no esta semana) é muito caro e, como tal, tem de ser aprovado, superiormente, para que seja autorizado. Estamos a falar de um hospital público e supostamente uma das grandes referências. Acho fantástico! Estamos a falar da saúde das pessoas. Compreendo que tenha de existir algum controlo de custos. Mas isto é, no mínimo, caricato. (E depois lembro-me de coisas como... o TGV e o meu estômago revolta-se). A ver vamos quanto tempo demorará esta suposta aprovação. E, caso seja aprovado (nem quero imaginar o que irei fazer caso não seja, mas caladinha é que eu não fico), desconhece-se quando será realizado. Sim, temos todo o tempo do mundo. Obviamente.

tags: ,
publicado por K às 22:03

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)