Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 10 de Fevereiro, 2011

No sector onde trabalho somos (estou a contar) 12 mulheres. Neste momento está uma de licença de maternidade, daqui a um mês, mais coisa, menos coisa, deve ir outra. E, depois, é sempre a andar porque há mais três grávidas. Logo, quase 50%, num prazo de um ano, grávidas. Isto é da água, tenham cuidado. Faz-me lembrar a passagem do milénio que era só grávidas, umas atrás das outras - lembram-se? - giro, foi que as de 2000 estavam enganadas... o milénio só mudou em 2001!

Quem não trabalha no meu sector, deve, também, ter cuidado. Que isto, não tarda, chega aos outros. E às outras empresas, quem sabe.
Ah e destas que estão grávidas há uma que vai para o quinto (5!) filh@. É preciso ter coragem!

Não se preocupem, eu não faço parte da contagem (das grávidas) e, tão cedo, não estou na lista.
E os homens? Não tarda será a vez deles, de ficarem, também, grávidos.

publicado por K às 00:07

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)