Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 09 de Fevereiro, 2011

Sempre embirrei um pouco com o dia disto e o dia daquilo. Ah e tal, hoje é dia de atravessar a rua da esquerda para a direita. E amanhã é dia de subir as escadas a pé, deixando os meios mecânicos (leia-se elevadores e escadas rolantes) "sugaditos". Esta coisa de mandarem em mim e dizerem-me que naquele dia específico é que devo comemorar o facto de atravessar a rua da esquerda para a direita (e se eu quisesse ir da direita para a esquerda?), e que, mais, até devo dar azo à minha veia consumista e vestir-me a rigor para atravessar a estrada, quem sabe seleccionar um restaurante para comemorar o feito, ou até talvez uma escapadinha, nesse dia... a bem dizer, irrita-me um bocadinho.

Quer dizer que nesses dias, não posso fazer outra coisa? Ou outras coisas? Supostamente posso, claro que sim. E... não posso fazer essas coisas noutros dias? Tem mesmo de ser naqueles? Em teoria, é como o Natal, é quando nós quisermos - e a mulher deixar, não se esqueçam... as mulheres têm sempre razão ;) - logo, atravesso a rua quando quero, como quero, com quem quero. Posso ir aos saltos, a correr - só não devo é tropeçar, e com a minha tendência para o desastre... está-se mesmo a ver que é o que vai suceder.
Está-se mesmo a ver que tudo isto vem a propósito... do dia dos namorados. What else?
Não me faltava mais nada que era imporem-me que só poderia namorar no dia 14 de Fevereiro. "Atão" e os outros dias, todinhos, claro, do calendário? Se não for para namorar... é para fazer o quê? Hein? Alguém que me explique, oh "faxavori"!

tags: ,
publicado por K às 23:03

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)