Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 27 de Janeiro, 2011

Venho de uma reunião de administradores de condomínio - se tudo correr bem (e vai correr!) em breve vou passar a pasta e vou ter menos uns serões dedicados em prole dos não-sei-quantos-vizinhos-que-nem-sonham - e constato que, de facto, sou uma sortuda com os vizinhos (directos) que tenho. Há condóminos que se entretêm a deitar lixo pelas janelas (incluindo fraldas mal cheirosas) - as pessoas são mesmo porcas, não há outro termo - há os que resolvem estar sempre bêbados e, não contentes com isso, vão tocar à porta dos vizinhos às 03h da manhã para eles os acompanharem na bebida; há os que resolvem partilhar com todos os vizinhos o que se passa dentro do quarto e, às vezes, na varanda (surreal, é o que eu vos digo) e, à borla (nesta altura de crise, é sempre boa notícia); o problema é que esta partilha de momentos íntimos origina crises conjugais nos voyeurs (com as mulheres a discutirem com os ditos que até só foram à janela fumar um cigarro ou apanhar ar); o que tem vinte gatos em casa (juro!); um rol de situações e... dou por mim a ter a certeza: sou uma sortuda. Os vizinhos do mesmo piso são do melhor - nem os ouço - os de cima também não (acho que são aquele casal que encontrei no outro dia no elevador), o único que tenho alguma queixa (e até ver, tem estado bem calminho) é o de baixo mas... até ver, a situação está controladíssima e... ao pé do que acabei de ouvir... não é nada. É preciso, também, ter sorte com os vizinhos, são como a família: não se escolhem e.... temos de nos sujeitar com o que nos sai na rifa (assim como os colegas de trabalho, se começar a pensar nisso também).

publicado por K às 22:49

LOOOOOOOOOOOOOOL, credo! que vizinhos são esses?!?! ja estou como a RF, "com que genero de pessoas te dás tu?" LOL

bjooo
Shadow a 28 de Janeiro de 2011 às 00:37

LOL
Aí é que está! Tenho uma sorte, daquelas, por não ter de me dar com esses vizinhos - nem que fosse por nos cruzarmos no elevador, ou na caixas do correio - isso sim!
;)
K a 28 de Janeiro de 2011 às 09:18

"há os que resolvem partilhar com todos os vizinhos o que se passa dentro do quarto e, às vezes, na varanda (...) e à borla"

"o que tem vinte gatos em casa"

K, estou a pensar mudar-me para o teu prédio:))
Bommmm diaaaaaaaaa!!!
pedro a 28 de Janeiro de 2011 às 12:24

Olha que ainda arranjas bagunças conjugais. Não vás por aí! :P
Nota: para assistires, de camarote, ou não; não podias mudar-te para o meu prédio, mas sim para o que está em frente ao meu e de onde os "muninos" se entretêm a ver o que se passa do meu lado! :P
Tem de se explicar tudinho? ;)

Bom fim-de-semana.
K a 28 de Janeiro de 2011 às 16:48

Cabecinha pensadora!:)
pedro a 28 de Janeiro de 2011 às 17:07


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)