Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 25 de Janeiro, 2011

As mulheres estarão comigo nesta matéria. Os arquitectos de interiores, designers, decoradores, e outros "ores" que tais deviam, na maior parte das situações, ouvir a voz sábia das mulheres numa série de aspectos. Entre eles, hélàs, quando é suposto ser utilizados por esse ser naturalmente mais evoluído - sim, estou mesmo a picar, mas isto é da constipação, não liguem - o sexo feminino. Na grande maioria das vezes, nós, as mulheres, vemos mais à frente. Vamos analisando e processando, na hora, as implicações com outras matérias, etc. e tal. Enfim, somos um espanto! - estou a desviar-me, à grande, do assunto que quero falar... não se entende!

Recapitulando... os "ores" - nem que sejam os instaladores - deviam pensar que nas casas-de-banho das mulheres (naturalmente estou a falar em locais públicos, seja restaurantes, centros comerciais, lojas... etc. e tal) é essencial ter um ou dois "ganchos" (é este o termo?) para que possamos:
i) pendurar o(s) casaco(s) - não se percebe que as mulheres tenham casaco, efectivamente! onde estamos nós com a ideia?
ii) pendurar a mala (e quem sabe outros sacos) - malas e mulheres... é uma coisa que não liga nada. Nunca vi nenhuma mulher com mala!

Nas situações em que não há nenhum gancho (ou já existiu e por algum motivo já não está lá, ou os entendidos na matéria acharam que não fazia falta e vai daí, nunca lá esteve) temos de fazer uma ginástica e tanto: entre fazer xixi - naturalmente sem sentar - com tudo o que isso implica e, ainda, equilibrismos e malabarismos para segurarmos a mala (que está sempre a querer cair) e os casacos e sei lá mais o quê!

Já disse: chamem as mulheres, ou, pelo menos, oiçam-nas!
E não me venham com aquela resposta "estupidificante" do «assim, ao menos, vão fazendo alguma ginástica.». Tenham dó! Vá, ide por essas casa-de-banho fora instalar dois suportes, um de cada lado, ide e vereis o quão mais felizes ficarão as vossas mulheres (e filhas e tias e sobrinhas e chefes e subordinadas e amigas e... todo um povo!).

[Nota: ao escrever este post espirrei três vezes, de forma absolutamente ensurdecedora e tive de proceder à limpeza das vias respiratórias superiores - vulgo nariz - tantas vezes que perdi a conta. Isto está bonito, está!]

publicado por K às 13:37

Não posso estar mais de acordo.
A vida das senhoras é estafante. Além de um bengaleiro para deixar a sombrinha....também faz muita falta :)
Marquesa de Carabás a 25 de Janeiro de 2011 às 22:43

:D
Pois, naturalmente!
K a 25 de Janeiro de 2011 às 23:05


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)