Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Domingo, 22 de Março, 2009

É inevitável. Por muito que eu não queira, que tente lutar... há dias em que me vou abaixo. Acho até normal, dadas as circunstâncias... sei que depois passa. Fico irritada, primeiro, depois tento dar-me o desconto. Não há super-mulheres (nem super-homens). Sei que são dias "blue", depois virão outros sorridentes e mais coloridos. Sei que tenho de ter muita força, mesmo. Daquela que não sabemos de onde vem, mas está cá. Vai ajudar-me a aguentar (mais) esta. Tudo o que passamos faz-nos o que somos. Sei que não tenho poderes especiais, mas gostava de conseguir desaparecer toda esta áura que paira sobre a minha mãe. Queria que, de uma vez por todas, ficasse curada desta maldita (só para não escrever palavrões) doença.
Enfim, vou curtir a minha neura, ou melhor, tentar distrair-me a ver se passa.

tags:
publicado por K às 17:32

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)