Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Domingo, 26 de Dezembro, 2010

A família desmobilizou. Alguns é mesmo até para o ano - se tudo correr bem e não tivermos sobressaltos. O saldo foi absolutamente positivo. Entre reprimendas, reclamações, sorrisos, gargalhadas, lágrimas (a maioria de alegria). Fiquei com o coração bem cheio. Confortado. Hoje fechou com chave de ouro. Mesmo. O meu pai, o mais comovido, não conseguiu evitar exteriorizar o que lhe ia na alma - sim, eu tenho bem a quem sair, lamechas e tal - mas antes assim!
De todos, quem vou ter mais saudades, é, sem sombra de dúvida, o meu primo P. Ele é quase como se fosse o meu irmão mais novo. E, numa série de coisas, partilhamos o mesmo ponto de vista. Tenho pena que seja só de ano a ano, que estamos juntos. Mas é a vida.
Ainda sem confirmar, tenho a sensação que engordei uns três quilos. Choque! E foram todos, direitinho, sem pedir licença, para o mesmo sítio. Os danados! Agora vou ter de começar a ter juízo. Hoje já comecei com uns minutos de bicicleta, a ver se não perco o embalo.
Não tive o presente mais desejado. É certo que ainda pode vir... a ver vamos... ainda não perdi a esperança, mas estou a ficar, sinceramente, meia descrente. A ver vamos.

publicado por K às 18:18

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)