Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Domingo, 26 de Dezembro, 2010

Parabéns aos meus pais, aos dois. Fazem hoje 40 anos de casados. É obra. Por que raio terão escolhido a data a seguir ao Natal para casar? É algo que nunca entendi. Seja, como for, parece ter resultado. Acredito que nem tudo terão sido rosas. Os espinhos terão deixado as suas marcas. Mas conseguiram ultrapassar, em conjunto, as adversidades e sair mais unidos. É impressionante o quão diferentes são, um do outro. Mas, mais uma vez, não terá sido isso que impediu que se mantivessem juntos.
Adoro-os, aos dois - não sei se já tinha referido? ;) - e hoje é mais um dia para os encher de mimo e beijinhos e tudo. Não seremos muitos ao almoço, daqui a umas horas, talvez nem cheguemos a ser 15. Já houve alturas em que éramos muitos mais. Agora, como alguns primos têm outros afazeres (respectivas famílias para atender, também), o número vai-se reduzindo. O que interessa não é a quantidade de pessoas que conseguimos juntar ao almoço. É estarmos todos bem, mesmo os que estão ausentes (fisicamente).
Os meus tios (e tias) já têm todos uma certa idade. Alguns com problemas de saúde. Às vezes dou por mim a pensar que poderá ser o último Natal (e afins) em que estaremos todos juntos. É nestas alturas que fico com um aperto no coração. Vou tentar deixar de pensar em disparates. Aproveitar os momentos. Um óptimo Domingo para todos. E Parabéns aos meus pais!

tags: , ,
publicado por K às 08:03

Parabéns aos papás! Dá-lhes um grande beijo da nossa parte.

E um beiijinho também para ti :)
Lisete a 26 de Dezembro de 2010 às 16:35

Um beijinho do tamanho do mundo para eles aqui deste lado :)
Temos saudades :(
Beijinho
Sónia R a 26 de Dezembro de 2010 às 18:41


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)