Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sábado, 14 de Março, 2009

Ontem à noite fui ver, finalmente, o grande vencedor dos óscares de 2008. Recomendo vivamente. Apesar de algumas partes da história serem perfeitamente previsíveis (ainda  filme não ía a meio e eu já antecipara qual seria a pergunta final, por exemplo), tudo isso passa para segundo lugar, pela forma brilhante em que são retratados os episódios que o personagem principal passa. A simplicidade (refiro-me obviamente a questões de efeitos especiais, guarda-roupas infindáveis, etc. e tal, não em termos de enredo) assume, definitivamente, um lugar merecido no pódio. A fotografia é excelente. Gostei, mesmo muito.

Claro que nos deixa pensativos e muito (gosto quando um filme me põe a pensar), relativamente às condições que eles passaram. Mexe connosco, é inevitável.

Muito bom!!!

tags:
publicado por K às 15:48

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)