Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sábado, 04 de Dezembro, 2010

A minha máquina de lavar roupa que, julga ser tão temperamental quanto eu, anda há alguns dias a desafiar-me. Até ao momento tem levado a melhor (pensa ela, coitada...). Quem me manda comprar máquinas "semi" inteligentes. Isto de tentar ser amiga do ambiente, enquanto tentamos economizar leva-nos a depender da tecnologia. Não que eu tenha algum problema com equipamentos tecnológicos. Bem, pelo contrário. Geralmente da-mo-nos muitíssimo bem. Agora... nem imaginam as saudades que eu tenho da máquina de lavar roupa velhinha dos meus pais (que deve ter morrido há uns 10 anos) numa situação como esta. Aquilo de electrónica não tinha nada. Pura mecânica. Uma beleza, portanto.
Esta doseia tudo (água, detergente, amaciador... you name it) em função do peso da roupa, da sujidade, etc. e tal. O problema é que, por vezes, tem vida própria. E vai de achar que não quer centrifugar, ou acha que já centrifugou o suficiente (quando está longe de suceder). Há mais de vinte anos que estou habituada a lidar com estas meninas. Tive o azar de me calhar uma das mais temperamentais. Geralmente consigo dar-lhe a volta. Quando ela acha que já fez o trabalho dela e o dá por terminado (com erro - não é lindo? Tipo quando carregávamos jogos de computador no spectrum, horas, mesmo no final... "loading error", que balde de água fria), eu não sou de modas. Simplesmente chegou e digo-lhe que, agora, tem outras coisas com outro tipo de tecidos e quero que faça A, B, ou C. Geralmente entendemo-nos bem. Agora... esta teimosia de não querer centrifugar as minhas calças jeans... vai ter de terminar. Não é por nada. É que eu quero secá-las este fim-de-semana, ao natural (dentro de casa, lógico; mas sem ser com a máquina de secar).
Após de cinco, sim, é isso mesmo, cinco tentativas frustadas para centrifugar as calças, estou esperançada que seja desta. Teve de levar com o programa "roupa delicada", para que consiga centrifugar. Quem me manda comprar máquinas "semi-inteligentes"? Vidas.

tags:
publicado por K às 09:52

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)