Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Segunda-feira, 15 de Novembro, 2010

Saí do escritório perto das 19h. E partir daí parecia que outro dia tinha iniciado. Total e completamente distinto das horas que o precederam. Passei num instante na loja gourmet do El Corte Inglês - que sorte já ser Novembro e estar aberta o dia inteiro de Domingo - para comprar um mimo para a sobremesa. Lá encontrei algo que satisfez a minha ideia: doce de abóbora com amêndoa. Complementei com um chá de jasmim. Ala a correr para casa, trocar de roupa. Quase em cima da hora, apanhar o N junto ao Fonte Nova - é dos que torce pela equipa adversária, o Benfica, nem vou comentar - e de lá seguimos, já em cima da hora, para o local do jantar. Foi bastante agradável. A conversa fluiu muito bem. O jantar estava óptimo. A anfitriã, assim como os restantes, fizeram-nos sentir à vontade. Quase em cima da hora seguimos para o Centro de Congressos do Estoril para assistirmos ao filme do Woody Allen - You will meet a tall dark stranger - no encerramento do Estoril Film Festival. Do filme falarei depois. Gostei que o meu Domingo tivesse dois andamentos tão díspares. Já que tive de trabalhar, pelo menos, encerrou da melhor forma.

Queres explicar-me por que raio terei sonhado que no meio de uma cena algo semelhante à de ontem, desta feita estaríamos nós a levantar a mesa e levar os pratos para a cozinha - uma que eu nunca vi - e resolves, do nada, a meio de uma frase minha, pregares-me com um beijo. Queres explicar? Pois... eu também não entendo. Isto deve ter sido da hora e do pouco sono dormido. Quem me manda ir, na madrugada de 2ª Feira assistir a um filme? Eu já não tenho idade para isto. Hoje é que vão ser elas. Vidas. Pelo menos, há o consolo que a "noitada" não foi para trabalhar - ultimamente só tinha tido dessas.

publicado por K às 08:40

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)