Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Segunda-feira, 02 de Março, 2009

O fim-de-semana acabou por ser bastante bom.

Sábado almoço com a "troupe". Começou às 16 (tipo "brunch") e terminou já depois da hora de jantar. Soube bem. Deu para descontrair. Brincar com as miúdas. Falar de tudo e de coisa nenhuma. Até teve direito a conversas "sérias" sobre a mulher optar por não trabalhar e ficar a tomar conta dos filhos... uindo.

Domingo, depois do almoço nos pais. Onde ainda estive dar uma mãozinha ao meu pai (agora ele vê e, creio, dá valor ao trabalho doméstico... nos últimos 4 meses é ele que tem feito tudo sozinho. Por isso, quando lá vou, dou-lhe uma mãozinha, especialmente no que ele tem mais dificuldade - apesar de não o admitir - por exemplo, passar a roupa a ferro). Não me custa nada e sempre o alivio. É, normalmente, a hipótese que ele tem em sair um "becadinho" de casa, arejar, não estando preocupado em deixar a minha mãe sozinha. Temos de ser uns para os outros. E filho é (também) para isso.

Estava eu a dizer... depois do almoço e dos afazeres, fui passear. Não que o tempo estivesse por aí além... Mas isso não vem ao caso. A companhia era boa e isso sim, interessa.Entre um cházinho numa antiga quinta transformada em olaria (que eu desconhecia por completo e não fica muito longe da casa dos meus pais). Tem à venda imensas peças de artesanato. É um local muito bom para descontrair, diferente do habitual. Depois ainda fomos até ao castelo de Palmela. Bom, muito bom.Acima de tudo, é bom ir com outras pessoas a locais onde já estivemos antes e, desta forma, reconstruir as nossas memórias. Para que as possamos recordar de outras formas. A última vez que tinha estado no castelo tinha sido na companhia do meu sogro. Inevitavelmente, assim que lá cheguei recordei alguns pormenores desse dia - é mais forte do que eu... Por isso, é que acho que, agora quando me lembrar do castelo vou ter outras recordações. Não se trata de esquecer as antigas. Mas, em vez de termos (só) episódios que, ao recordar, nos possam deixar tristes, vamos construíndo outros para temperar e alegrar-nos.

Gostei!

tags:
publicado por K às 13:29

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)