Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 19 de Outubro, 2010

Sabemos que estamos a ficar mais velhos quando, começamos a dormir menos e nem damos conta. Só passado uns tempos constatamos tal facto. Pois, a vida é para ser aproveitada, cada minuto, deve ser por isso. Já que é assim... 'bora lá!

publicado por K às 07:44

LOL
Sim, mas também quando começamos a dormir em sítios e situações inusitadas....quando, por exemplo, estamos a ver TV e emborcamos o pescoço para baixo, acordando estremunhados com o nosso próprio ronco, maldizendo o vizinho....ou quando aterramos o nosso queixo num prato copioso de esparguete ...ou ainda quando a meio da noite, após mais uma excursão à casa de banho, e na viagem de regresso, passamos pela cozinha, por não temos a certeza se as bocas do fogão ficaram bem fechadas..maldizemo-nos, engordurando os dedos, ao certificarmo-nos que elas continuam bem fechadinhas....ainda antes de regressarmos ao frio de uma cama morta, fazemos um novo atalho para a casa de banho e esmiframo-nos para deitarmos mais umas pinguinhas que se agarravam teimosamente ao lúmen da nossa uretra... começamos, então, a pensar que se calhar devíamos fazer uma ecografia à próstata . Remoemos esta ideia, já na cama, enquanto sentimos as palpitações. Suamos e puxamos para fora o cobertor... sentamo-nos no bordo da cama olhando para as unhas dos pés que tomam uma cor amarelada....lembramo-nos então do nosso avô e de como, com olhar repugnante, olhávamos as suas unhas , e sentíamos o bafio das suas roupas....voltamos a desligar a luz, mas quedando sentados, enquanto sentimos as pancadinhas de sono.... e durante este meio sono vem-nos à cabeça, tal qual acontece aos grandes cientistas, que dormindo fazem as suas nobres descobertas, o que o médico nos disse a semana passada..."Tem uma próstata de bebé ." Entretanto chega a Aurora...e bendizemo-nos por termos menos um dia.
Bj

http://www.lightharmony.com/admin/ext/meadow.jpg
O a 19 de Outubro de 2010 às 11:01

O,
Nem sei o que lhe dizer. Que adorei o seu comentário e ri-me à gargalhada - não se ofenda!
Também me transportou para outras épocas, algumas menos boas, mas isso agora não vem ao caso.
Ahhhh e ainda conseguiu finalizar com um presente lindoooooo!
Obrigada!
Espero que esteja a ter um dia tão bom como o meu, ou melhor, claro!
K a 19 de Outubro de 2010 às 14:32

Ó alma boa, era faze-la rir, à gargalhada, o meu propósito:)))
Um dia radioso para si....este sol, no rosto, deixa-me Zen....:)
O a 19 de Outubro de 2010 às 16:01


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)