Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 21 de Setembro, 2010

De quatro horas a pregar - e não houve pregos, juro! - ainda tenho voz, as pernas é que estão, ligeiramente, ressentidas. Afinal estive quase todo o tempo de pé, em cima, naturalmente, de saltos (ensinaram-me que não se prega sentada e, a bem dizer, eu cumpro à risca). Felizmente o grupo era óptimo, correu às mil maravilhas. É tão bom quando é assim. Sentimos que valeu a pena. Bem, tenho de ir preparar o jantar, hoje tenho, para além da minha hóspede - acho que ainda não tinha referido que tenho uma hóspede cá em casa... a AL tem a casa em obras e estou a dar-lhe guarida - a SN também a jantar. Agora que já estiquei, por dois, vá três minutinhos, as minhas pernas, vou ali para a cozinha ver se a coisa sai, minimamente, de jeito.

tags:
publicado por K às 19:19

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)