Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 14 de Setembro, 2010

Destas manifestações do subconsciente, ou do inconsciente, ou seja lá de quem for. Não gosto de ter estes sonhos (o desta madrugada). Estamos entendidos?
E o que é pior, depois não volto a pregar olho. Tão bom... É para estar com a cabeça fresquinha para o dia que se avizinha. Se for tão bom como o de ontem... mãezinha!
Vidas!

tags:
publicado por K às 06:55

Bom diaaaaaaaaaaaaaa!!

"Se for tão bom como o de ontem..."
K, refere-se ao dia, ou ao sonho...ou sonhou de dia, ou teve um dia de sonho? Esclareça-nos:)
Bj
O a 14 de Setembro de 2010 às 10:53

Não quero que lhe falte nada, meu caro O.
Esclarecendo... ontem foi um dia para esquecer, tanto ou mais como o sonho que resolvi ter esta noite. Como tal, o meu desejo - que se mantém, afinal o dia e a noite ainda não terminaram - é que sejam, ambos "os dois" diametralmente opostos. Tipo 180 graus... terei sido, agora, mais clara?
;)

um beijinho e desejo, sinceramente, que o seu dia (e a sua noite também, naturalmente) sejam bem melhores do que os que eu tive ontem!
K a 14 de Setembro de 2010 às 13:24


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)