Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Domingo, 05 de Setembro, 2010

Está na altura de lhe fazer a vontade. Digo eu. Em trinta e quatro horas já dormi perto de vinte e duas. É verdade. Parece que fui mordida pela mosca do sono. E o que é pior (ou melhor, já nem sei), é achar que esta tarde ainda vou dormir mais. Eu ando cansada, para não dizer de rastos. E, creio, que tenho a evidência disso mesmo. Se o corpo está a pedir, o melhor mesmo é fazer-lhe a vontade. Vou continuar com os "tufones" sem som. Alternando entre a minha bela caminha e o sofá. A leitura em dia e a "tuvisão". E, tenho de admitir, está a saber-me muito bem. Ainda tenho mais umas horas de grande preguiça pela frente e tenho de as aproveitar ao máximo.

Vou ali petiscar qualquer coisita - que isto de estomâgo vazio não se descansa - e por umas máquinas a lavar (há coisas que, infelizmente, não se conseguem adiar... sob pena de não ter roupa para vestir).

tags: ,
publicado por K às 14:16

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)