Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 02 de Setembro, 2010

É quase sempre assim, como os benditos interruptores. Entre altos e baixos, lá vamos levando esta vida, um dia atrás do outro. Também sabemos que nem tudo é (sempre) negro. Algures teremos os, merecidos, dias coloridos. Até lá, nada de desesperos. Com calma. Mesmo.

Contrariamente ao que possam pensar - e para sossegar alguns - felizmente, não tem directamente a ver com a doença da minha mãe (nesse campo ainda não há, infelizmente, grande novidades: os médicos continuam a querer mais exames e daqui a uns meses logo vêem o que querem fazer; estamos, portanto, igual a um ano e tal atrás... desde que a coisa esteja estacionária, não é assim tão mau - acreditem, não é discurso de quem baixou os braços, mas, perante algumas situações já passadas, é um mal menor, esta situação - naturalmente, gostaríamos que TUDO tivesse terminado, de vez. Há dias em que pergunto se alguma vez isso irá acontecer...).

Este meu estado de espírito tem a ver com tudo e nada. Contigo (naturalmente), mas não só.

Férias, preciso de férias!

tags:
publicado por K às 09:18

Sei que é pouco, mas se a anima-se só um bocadinho já tinha valido a pena!
Boaaaaaaaa taardeeeeeeeeeeee (mão é assim, pois não?) amiga K!
O a 2 de Setembro de 2010 às 16:55

O,
Já animou sim.
'bigada!
K a 2 de Setembro de 2010 às 19:16


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)