Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 04 de Agosto, 2010

Numa altura em que só se fala de crise (bem, agora nas férias fala de outras coisas) e sempre de cenários dantescos. Numa época em que os jornais, telejornais e afins só "vendem" se falarem em desgraças. Num tempo em que os seres humanos se estão a tornar mórbidos e sedentos de más notícias surge algo, contra a corrente que de há uns dias para cá tenho seguido (seja no facebook, twitter ou on-line) e que se intitula"Boas Notícias". O nome diz tudo, creio. Não vão encontrar episódios de marido mata mulher. Criança apareceu morta. E outras coisas que tais. Recomendo vivamente, pode ser que, pouco a pouco, sejamos todos contagiados pelas boas notícias e comecemos a ter um mundo melhor!

(Sim, eu continuo a sonhar - diz que é do meu signo).

Ah e é em português (mais uma boa notícia).

tags:
publicado por K às 13:16

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)