Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sexta-feira, 30 de Julho, 2010

Com toda a certeza hoje milhares de pessoas irão falar nele. Vão ser criados inúmeros "posts" e coisas que tais. Alguém que me explique, por favor, porque eu não entendo... quando no facebook alguém escreve "morreu não-sei-quem", por que raio há um número infindável de pessoas que carrega no botão "like"?!?! Gosta que a pessoa tenha morrido? Gosta da mensagem e quer prestar homenagem? Fico confusa e baralhada.

Não quero cair no lugar comum - e tinha prometido a mim mesma que não iria fazê-lo - Mas, ao chegar ao escritório alguém me referiu este depoimento. Tendo sido feito pelo próprio e, acima de tudo (e apesar dos pesares) como tem uma mensagem bastante positiva (algo que me agrada sempre) deixo-a aqui. A propósito do lançamento do filme "Contraluz" e que, segundo o António, uma das mensagens que o próprio filme deixa é:

«Aproveitem a vida e ajudem-se uns aos outros. Apreciem cada momento, agradeçam. E não deixem nada por dizer, nada por fazer.»

Creio que não é necessário dizer mais nada.

publicado por K às 08:52

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)