Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 18 de Fevereiro, 2009

Ele há dias assim. E ainda bem.

Com a questão do divórcio, tratei logo de alterar o BI. Com esta história do "cartão único", de uma assentada, alterei logo uma série de cartões. Tive bastante sorte, pois aproveitei um dia que estava fora de Lisboa, a trabalho, e, em dez minutos fiquei despachada. Mas, a carta de condução (até porque tinha de ir à loja do cidadão e esperar horas) tinha vindo a adiar.

Volta na volta, cruzava-me com operações "stop" e pensava «tens mesmo de ir tratar da alteração da carta, senão habilitas-te a uma multa». Na 2ªFeira, como consegui despachar-me mais cedo do trabalho, lá resolvi ir alterar a carta de condução. Qual não é o meu espanto quando ontem, 3ªFeira, exactamente um dia após ter alterado a carta, sou mandada parar por uma operação stop. Já viram a minha sorte?

Claro que lhe mostrei os documentos (inclusivé a guia da carta) e estava tudo bem. Ainda quis ver o triângulo e o colete. Lá fui ao porta-bagagens (replecto de equipamento de trabalho) e procurei o triângulo. Não o estava a encontrar, a bagunça era mais do que muita. E pensava... «bolas, não me digam que agora que tenho os documentos em dia, não encontro o triângulo. Mas tem de estar aqui.» Como o carro é dos meus pais, não sei muito bem como é o triângulo (no meu carro, sei exactamente onde está e qual a "capa"). Com a sorte que estava, o Sr. Agente da Autoridade, afirmou "o triângulo está aí que eu já o vi. Pode mostrar-me o colete?". Ainda pensei (obviamente sem dizer nada), «ainda bem que já o viu, porque eu não». O colete era fácil, porque isso tenho muitos, devido a minha profissão (e foi o que lhe disse), de uma assentada, mostrei-lhe logo dois, um de cada cor, é à escolha. Lá me mandou seguir, sem nenhum reparo.

Há mesmo dias de sorte e ontem foi um deles, sem dúvida nenhuma.

tags:
publicado por K às 13:09

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)