Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sexta-feira, 23 de Julho, 2010

Um nó cego na garganta que me impedia, até, de pensar claramente. Ontem foi desfeito. Parece que não havia motivo para o nó e para o enredo que andava a congeminar. É que nós, mulheres, fazemos a história toda, contratamos os actores, tratamos do guarda-roupa, da banda sonora, da fotografia, da produção e realização, em suma, fazemos o filme todo. Basta-nos esta ou aquela palavra, olhar e, com a nossa fértil imaginação a voar, iniciamos, de imediato, o processo criativo - por vezes, nem conseguimos registar todo o argumento, à velocidade que o nosso cérebro o elabora.

Desfeito o "mini-equívoco", creio, estamos em condições de passar à fase seguinte.

'Bora lá então!

tags: ,
publicado por K às 07:52

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)