Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 23 de Junho, 2010
O dia em que eu chegue ao final, mesmo ao finalzinho, sem ter uma única
nódoa serei uma mulher muito mais feliz. Ao meu lado, os miúdos de 5 anos
são uns anjinhos. Ah, mas dizem vocês, grande coisa. Eu também tenho a roupa
sempre suja, porque o meu filho faz o favor de me presentear, todo o santo
dia. Pois, ainda bem. Mas, eu não tenho filhos. Sou mesmo porquinha. E
desastrada. Muito.
publicado por K às 16:44

Deve ser mal de família :) Eu também uma "porquinha" é raro o dia em que não me sujo... As nódoas fazem parte :P
sónia a 23 de Junho de 2010 às 17:47

Ufa!!! ;)
Olha e também és atraída por tudo o que se são esquinas de móveis e maçanetas de portas? É que eu gosto bastante de bater nesses objectos todo o santo dia... nunca vi ninguém assim!
K a 23 de Junho de 2010 às 19:37

Isso mesmo :) As esquinas estão sempre a chamar por mim e a maioria das vezes não lhes resisto... Depois é só ver nódoas negras a aparecer vindas não sei bem de onde :( Desastre em pessoa :)
sónia a 23 de Junho de 2010 às 23:06

Posso afirmar, então, com toda a certeza... "I'm not alone" yes!!! ;)
K a 24 de Junho de 2010 às 00:37


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)