Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sábado, 19 de Junho, 2010

... Sábado. Acordei às 06:30 e, depois de muitas voltas e reviravoltas, meia-hora depois dei-me por vencida e resolvi levantar-me. Sim, já estou a trabalhar. Quase que apetece perguntar... "então, qual a diferença de ontem, para hoje?". Ah e tal... pelo menos vou ter:
i) almoço em família (alargada, daquela "BOA");
ii) posso acompanhar os jogos enquanto trabalho;
iii) e estou em casinha.

Se eu podia ver o outro lado da coisa? (estar a trabalhar num Sábado, em vez de passear em excelente companhia, etc. e tal...) Poder, podia, mas... para quê bater mais no ceguinho?

[update às 11:31: constatei que tinha-me esquecido de imprimir uma série de coisas, essenciais, para o que tenho de fazer durante o fim-de-semana. Vai daí, tive de vir aqui ao escritório (está para ali a impressora a "cantar" e enquanto ela faz o trabalho dela eu actualizo o estaminé). De seguida apanhar a famelga para a sardinhada em casa dos Papis. E se eu não andasse de um lado para o outro, mesmo a um Sábado, não seria a mesma. Vidas...]

publicado por K às 08:42

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)