Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 17 de Junho, 2010

Balanço (até ao momento) do dia:

- a "estrelinha" feita de JADE (produzida e comprada no outro lado do mundo) que a AL me ofereceu nos meus anos desconjuntou-se - que é como quem diz saiu do penduricalho do "tufone". Pelo menos dei por isso, como não estava: i) em cima da secretária; ii) no meio da bagunça da minha mala; resolvi procurar no carro (esse antro de bagunça mor) - até porque ia (e fui) levá-lo para ser limpo e aspirado e não queria correr o risco de jamais em tempo algum recuperar a bela estrelinha. Tive imensa sorte porque não foi preciso perder muito tempo. Lá estava ela no meu banco, quase, mesmo quase, a perder-se, para sempre, entre o encosto das costas e o banco. Agora está aqui, bem ao meu lado. Vou ver o que faço com a dita.

- o fecho do "porta-moedas" que me trouxeram da turquia (lindo, lindo, lindo, feito em tecido tradicional) estragou-se e, basicamente, neste momento, não cumpre o seu propósito: fechar e abrir. Está sempre aberto. Como a S. bem referiu à hora do almoço: "isso é excelente para um porta-moedas!"

So far, so good e já vamos com duas coisas danificadas e o dia vai a meio. O que será que vem a seguir?

tags:
publicado por K às 13:14

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)