Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 09 de Junho, 2010

Um grande beijinho, Nuno. Sei que agora temos mais alguém a torcer e a tomar conta de nós. Já tenho saudades da tua boa disposição, do ar descontraído, da tua sinceridade, do teu sorriso, da nossa conversa fácil (não interessava quanto tempo ficávamos sem nos falar). Vais fazer-nos falta, muita falta. Eu sei que com o passar do tempo vai custar menos. Mas, neste momento, digo-te (para o caso de estares com dúvidas) está a ser bastante complicado. Instalou-se um vazio enorme cá dentro. A minha cabeça parece que vai explodir. Não foi fácil hoje (como se os dias anteriores o tivessem sido), na despedida. Amanhã será melhor, eu sei. E também tenho a certeza que tu queres que levantemos a cabeça e enfrentemos tudo bem de frente, continuemos a nossas lutas. Amanhã é outro dia. Já tenho mais um anjo da guarda. Torce bem por nós, Nuno. Eu vou guardar naquele lugar bem especial, todos os momentos juntos. Até já.

tags:
publicado por K às 21:20

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)