Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 28 de Janeiro, 2009

A incompetência / desinteresse a quem pedi para me tratar de um assunto (ainda relativamente ao meu divórcio, ou melhor na questão das "pós-partilhas") que é urgente e... demora IMENSO tempo para dar resposta. Primeiro porque pedia as coisas "à vez" (periodicidade cerca de uma semana), depois porque... sei lá. Acredito que tenha mil e uma coisa para tratar. Mas se disse que o fazia... Irrita-me que as pessoas se comprometam com algo e depois... deixam andar. É preciso andar atrás delas...

Está-se mesmo a ver que o fim do mês (é na depois de amanhã) está a chegar, não consigo ter o assunto terminado. Lá vou ter de ouvir quem não tenho vontade (muito menos pachorra) nenhuma.

Irritam-me as pessoas que comem com a boca aberta. Isto a propósito do almoço de ontem, de trabalho.

Irrita-me que eu pague não-sei-quantos euros por mês para ter acesso a  canais de televisão que nunca mais acabam e, hoje que até cheguei mais cedo a casa, com nenhuma vontade de fazer arrumações, trabalhar, etc., apetece-me apenas vegetar em frente à televisão e... não dá NADA de jeito (nem nas próximas horas).

Irrita-me que a minha mãe tenha ido hoje ao médico (ortopedista) e o diagnóstico seja: está tudo normal, não há qualquer problema. Mas se é assim... porque é que ela não consegue andar? Ah isso é porque a operação foi muito extensa e complicada. Que temos de ter paciência. A minha mãe vai andar. Tem de continuar a fazer os exercícios... Quando voltará ao normal? Não sabem, nem arriscam qualquer previsão.

Irrita-me que esta minha fase "blue" nunca mais acaba (é que já nem me consigo aturar). Não ter paciência para nada, nem para ninguém. Ninguém tem culpa deste meu estado de espírito. Mas estou irritada comigo própria. Se é normal? Se calhar até é...

Eu sei que tudo isto vai passar. É como a questão da minha mãe: vai levar o seu tempo. Mas é que estou mesmo farta!!! Quero dias de sol intermináveis, mesmo que esteja a chover a potes, estou farta de dias sombrios.

tags: , ,
publicado por K às 19:42

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)