Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sábado, 10 de Abril, 2010

Há algumas coisas que conseguem tirar-me do sério, ou quase. Ontem, mesmo ao final do dia, numa altura em que já nem devia estar a trabalhar (já passava das nove da noite), alguém teve o condão de me levar a esse "estágio" denominado irritação profunda. E porquê? Ao transmitir-me uma notícia. E porquê a irritação? Uma só palavrinha: injustiça! A injustiça consegue tirar-me do sério. Mesmo. Nunca conseguiria ir para juiz ou coisa que o valha. Creio que é a minha veia reivindicativa que consegue sobrepor-se a tudo. Foi a gota de água. Ao saber dessa notícia. Saí porta fora do escritório e com uma vontade enorme de partir a loiça toda, tal o meu estado de irritação. Simultaneamente de grande desilusão. Também sei que a vida é feita destas coisas. Hoje, talvez mais calma, mas ainda muito irritada (mais a mais porque estou no escritório - sim, eu sei que é Sábado e que está um dia lindo lá fora, sei isso tudo), vou, a muito custo, tenho de admitir, terminar o que ontem não consegui. A desilusão manteve-se e está, pouco mais ou menos, ao mesmo nível da irritação. A ver vamos o que vou decidir fazer. Ou se me fico pela "garganta" e não faço nada. Agora vou retomar o trabalhinho (ainda sem ter almoçado) que será longo.

tags:
publicado por K às 13:56

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)