Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 31 de Março, 2010

Já referi algumas vezes (o louco) do meu vizinho. Hoje tenho (mais) uma achega. A "minha" (que de minha tem muito pouco) empregada - raramente nos cruzamos fruto dos meus compromissos, mas lá estou a desviar-me - hoje quando chegou comentou comigo (ela é brasileira, como tal, temos de dar uma entoação especial "à coisa") que tenho vizinhos simpáticos e que no elevador hoje tinha afirmado "que o prédio está cheio de mulheres bonitas e descomprometidas". Naturalmente que fiquei logo a saber, quase a 100%, quem seria o personagem. Questionei se tinha um cão, diz que não, ia sem cão. Mas saiu no "patamar" correcto e, pela descrição, serve que nem uma luva. Confirma-se, portanto. Ou o tipo é tarado, ou está numa qualquer crise de meia idade, ou acha-se o Brad Pitt (atenção que estou a falar de alguém com 50 e tal, não que haja algum problema, com a idade, tem a ver com a abordagem e a forma como se fazem as coisas. Não há um pingo de charme naquele figurino, entre outras coisas.), ou está completamente desesperado... enfim. Se dúvidas existissem, aqui está a prova: o tipo não bate mesmo bem. E é o meu vizinho de baixo! Tenho cá uma sorte... só espero que encontre alguém para nos deixar, a todos, em paz.

Acabei de ter uma visão. Giro, giro era a personagem conhecer a minha vizinha do lado. A senhora parece ser bastante simpática, das vezes que temos falado - inclusivamente foi a quem me veio tocar à campainha avisando que estávamos a ter uma inundação: demonstra preocupação pelos vizinhos (se bem que já não queria saber do nosso outro vizinho...). Desde que esta personagem não seja daquelas que tem um figurino na cabeça - não deve ser o caso - juntava-se o útil ao agradável. Vou ter de ver se a coisa se proporciona.

publicado por K às 16:42

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)