Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Segunda-feira, 08 de Março, 2010

Hoje uma das coisas que mais me perguntavam era se tinha valido a pena. A propósito da viagem que fiz. Naturalmente que sim. Para mim era uma das minhas viagens de sonho e não me desiludiu, bem pelo contrário. Conseguiu superar as expectativas (que eram bastante elevadas) a vários níveis. Bem sei que tivemos imensa sorte com as condições atmosféricas - eu sei que é quase um sacrilégio estar para aqui a falar assim, para quem há não sei quantos dias não vê mais nada a não ser chuva, e mau tempo, e frio, e tudo e tudo e tudo - num país onde chove 225 dias por ano, nós conseguimos, literalmente, passar entre as gotas.
Todos os locais que visitamos: chuva nem vê-la (aparecia uns diazitos depois de já termos saído. e não, não estou a exagerar. Isto tudo é só porque nós merecíamos, naturalmente).
Os Kiwis (ou neozelandeses, se preferirem) têm um sentido de humor cáustico, muito divertido. A melhor forma que encontro para descrever é: estão a ver o humor british? Agora imaginem isso mas... mais apurado, misturado com "boa disposição". Muito bom!
Fui, invariavelmente, muito bem recebida. Todos sabiam onde era Portugal (não, não confundiam com Espanha) e exclamavam "vieram de tão longe" (mesmo que ao nosso lado estivessem Franceses ou Ingleses).

Assim que terminar de ver as fotografias vou tentar (o impossível) escolher umas poucas para tentar ilustrar a beleza que vimos. É indescritível. Tomara saber como passar-vos / descrever o que testemunhei. Se existe Deus - e eu tendo tido a educação que tive, creio que sim, mesmo que viva a fé à "minha maneira" - ele demorou-se bastante naquela terra. Mesmo.
Em resumo, pelo menos até ver, esta será "A" viagem - e apesar de ainda me faltar muito para correr mundo, já vou conhecendo algumas coisitas. Quem puder, não perca: New Zealand é, sem dúvida um destino a descobrir (e a descobrir-nos).

Agora... não me perguntem, por favor, o que mais gostei. Porque a tendência será: TUDO, mesmo! (ou quase). E não estou a exagerar.

tags:
publicado por K às 20:24

Nomear o que gostei mais e o que gostei menos. A Susana fez-me essa pergunta! E foi a 1ª a faze-lo.... e sim foi difícil! Muito difícil! Nem sabia o que responder! Devo ter gaguejado uma ou duas vezes até me decidir o que dizer.
Acabei por nomear umas 3 actividades que fizemos, e cada uma que dizia lembrava-me de outra do mesmo gabarito!
A que menos gostei.... bem, na altura nada me ocorreu... imagine-se. Claro que existe sempre uma ou outra que faria de outra forma depois de saber como tudo funciona, pelo que optei por afirmar: o que não gostei foi não ter feito algumas coisas que não tivemos tempo!!!!

Agora de cabeça fria só existe um local que eu dispensava o tempo tomado. O oceanário dedicado aos tubarões e pinguins de Auckland. Visitem, apreciem e divulguem o nosso oceanário. Pois é um dos melhores e só depois de visitar outros é que se tem noção!

E sim o humor Kiwi é do melhor. E já agora, sabem porque eles se tratam a eles próprios por kiwis (para os mais esquecidos... is not about fruit but the bird) ??
"Because we are weird, we're weird like the kiwis. There´s nothing else out there like us. That's why!" (kiwi girl words)!!

PS: Atrofiei com a troca do parabrisas com o pisca... isto de alugar carros com estas coisas trocadas tem disto. Deixei de fazer piscas.... e claro que a K tinha que comentar que não fazia piscas para lado nenhum... ... ja pensaste que era a única forma de não me enganar?? lol
AnaLucia a 8 de Março de 2010 às 22:22

Claro que imaginei que seria uma forma de não te enganares... achas que sou tótó?!?!
E hoje a confusão que me fez fazer as rotundas pela direita?! Não te digo nem te conto! (ainda não me enganei com piscas e limpa-pára-brisas) :P
Com o tempo talvez consigamos eleger o que mas nos marcou. Mas, sim, compreendo o que dizes e concordo. A nossa viagem também valeu pelas experiências que fizemos (e isso não faz parte?). Pelo menos já vou conseguir "riscar" algumas coisas que tinha da lista de "to do" antes de morrer... ;)
K a 8 de Março de 2010 às 22:59

Parabéns pelo destaque e pelo blog, dei uma vista de olhos e achei "manero".
cajas fuertes a 9 de Março de 2010 às 11:48

Obrigada.
K a 9 de Março de 2010 às 15:49


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)