Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Segunda-feira, 25 de Janeiro, 2010

Como imensas pessoas à nossa volta, ele há dias em que tenho quase dupla (ou tripla?) personalidade - sim, porque não haverá, certamente, outra justificação para algumas atitudes que resolvo executar. Associado a isso consigo, quase como que por magia, variar o humor quase do oito para o oitenta em menos de nada - e, aparentemente sem qualquer justificação, o que ainda torna a coisa mais gira, aliciante (cof, cof, tenho de puxar a brasa à minha sardinha, lamento, é mesmo assim eh eh). Tudo isto, para mim, não é novidade (como uma boa parte da população que sofre dos mesmo males e fazem - e muito bem - o seu dia-a-dia normalmente, claro!) e há muito convivo com isso. Tanto que já nem dou por isso. Faz parte.
Agora, há dias em que algumas dessas coisas aborrecem-me. Como o facto de me comover (mas uma comoção daquelas mesmo forte) com algumas notícias. Hoje o que foi? A propósito do jogo de beneficência entre o Benfica e os All Star (com as receitas a reverterem para o Haiti). Logo no início da festa (sim, não deixa de ser um paradoxo, uma festa para angariar fundos para uma desgraça, mas é melhor do que nada) quando se fez o minuto de silêncio. Aqui a K vai de abrir a torneira. Devo estar doente. Só pode. É que uma coisa é uma pessoa comover-se. Outra foi o impacto que teve em mim. Sim, era um minuto de silêncio. Mas, estamos a falar de um estádio de futebol (de um clube que nem é o "meu"), para assistir a uma partida!

Na volta, estou, também a precisar de férias. É isso!

tags: ,
publicado por K às 22:12

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)