Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 20 de Janeiro, 2010

Não acho normal!!!
De cada vez que tenho de falar com um colega, ou vice-versa - entre ontem e hoje até tem sido mais ele a vir falar comigo e várias vezes (é tão complicadinhooooooo) - qual o gesto que ele pratica mais vezes? O de retirar a bela da cuequinha do rabo. Estão a ver qual é? Aquele em que supostamente ninguém está a ver - acha ele, só porque coloca a mão atrás das costas e, em teoria (e na prática) eu não vejo o que ele está a fazer - mas consegue-se perceber, perfeitamente, que o que está a acontecer...

Tenham dó de mim! Eu lá tenho de aturar isto?

Das duas três: renovem o stock de cuequinhas, ou adiram às de fio dental (essas passam lá o tempo, logo não dá azo a que se faça o belo do gesto). Agora, deixem de fazer isso.

Mais, creio que deve ser um tique nervoso, porque já ontem era a mesma coisa. Ele há com cada um.

publicado por K às 13:55

Oh brother! é que nem se comenta...bahhhh
também detesto!
Maria a 21 de Janeiro de 2010 às 15:43


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)