Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 05 de Janeiro, 2010

Ou, em bom português, estou a ser possuída por uma dor de cabeça descomunal. Alguém é servido? Depois não venham dizer que sou antipática. E que não ofereço. Quando estou aqui, neste preciso momento, a fazê-lo, logo no início do ano.

Sim, a dita é tão poderosa que já tomei algumas medidas (não, naturalmente, nada drásticas, não é preciso chegar a tanto, espero eu). E de que se tratam? Pois, já me rendi às evidências e toca de tomar um belo analgésico (só tomo em último recurso, quando nada mais parece resolver). Mas, quando comecei a achar que a cabeça ía explodir originando que o desgraçado do meu único neurónio se estatelasse no soalho do escritório, pensei que estava na hora da droga.

A 'ber se resulta. Posso sempre adoptar a técnica da traulitada...

tags: ,
publicado por K às 13:52

Olha dor de cabeça não obrigada... eu também tenho as minhas. Mas eu não posso resistir à "drogazita" senão as minhas dores duram dias... Em compensação tenho uns comprimidos efervescentes que são fantásticos... se precisares diz...As melhoras :)
Lisete a 5 de Janeiro de 2010 às 14:43

'bigadaaaaa.
Eventualmente acabou por passar ;)
K a 6 de Janeiro de 2010 às 00:34


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)