Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sábado, 13 de Dezembro, 2008

Sabemos que estamos mesmo a precisar de férias quando...

... reparamos que temos uma chamada não atendida no nosso telemóvel, ligamos de volta para responder. Entretanto, o nosso outro telefone toca (e como somos "multi-task", enquanto o primeiro está a chamar o dito número, atendemos o segundo). Qual não é o nosso espanto quando nos apercemos que estamos em "stereo" no «Está?». Uindo. Tinha uma chamada num dos telemóveis (porque de madrugada, quando cheguei a casa, não sabia onde o tinha colocado. E, como quase toda a gente... quando não sabes do teu telemóvel, isto claro se ele não estiver desligado ou sem rede, "tufonas-lhe") e, nem sequer tinha reconhecido o número. Mais grave ainda... fosse pelo sono, pela necessidade "orgente" de férias e descanso... não percebi que estava a telefonar para "mim própria" e ainda resolvi atender...

Insanidade no seu melhor. 

tags: ,
publicado por K às 23:02

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)