Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 03 de Dezembro, 2009

Sabes bem, não é novidade para ti e já to disse algumas vezes, que o importante é o agora. Ontem já está enterrado, voou com a ventania que assolou a cidade, foi levado pela bátega de água que lavou todas as ruas ao nosso redor. Amanhã logo se vê. Não vale a pena gastar o tempo de agora a reflectir nos prós e contras (e hoje nem é segunda-feira - sim, estava-se mesmo a ver que vinha por aí uma piada à K... o que queres que te faça? Ou melhor, que me faça? é mais forte do que eu), porque o agora depressa se transforma em ontem e... permanece, imutável. Quando fizeres o balanço, vais constatar que gastaste o tempo (inutilmente) de agora a pensar no amanhã e, como não agiste, o agora transformou-se em ontem sem que tivesses, sequer, tido oportunidade de agarrar o que a vida te dá. Tens de conseguir aproveitar o que há de bom. Deixa o resto, ignora. E vais ver que acaba por desaparecer. Ou então fica esquecido num cantinho, daqueles que quando andares a fazer limpeza até vais esboçar um sorriso de nostalgia - não agora, é certo, mas daqui a uns tempos.
Vai por mim, leva um dia atrás do outro. Sem stresses.

tags: ,
publicado por K às 00:14

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)