Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 24 de Novembro, 2009

De há uns tempos para cá que vinha notado que a minha visão - sim, estou a referir-me aos dias em que não me esqueço de colocar as lentes de contacto - não estava assim tão apurada (fosse com os óculos ou as lentes).
Pequeno "à parte": se bem se recordam eu tinha passado a noite em branco. Ora não há nada pior, depois de um dia inteiro em que há mais de trinta e tal horas em que não se descansa, do que estar quarenta e tal minutos na sala de espera de um consultório. Continuo a achar uma falta de tudo, o tempo (bastante improdutivo) que se perde nestes locais - depois admiram-se que eu fique uma eternidade até lá voltar... - logo, só fui atendida já passavam das oito da noite. Não é normal!!!!
Dito por alguém que sabe... a minha visão piorou... diz que aumentei (creio que ligeiramente) a minha miopia (pelo menos o astigmatismos parece que está estável - antes ele que eu). Ah e também diz que devo andar sempre com os óculos - deve ser para ver se os perco - para o caso de ter de tirar as lentes. Então e o viver a vida, digo, arriscando um bocadinho? É que eu consigo ver sem lentes e óculos. O.k. posso passar por mal educada, se alguém conhecido passar a mais de alguns metros de mim... mas isso acontece mesmo se eu tiver as lentes ou os óculos e, simplesmente, estiver com a cabeça noutro planeta, ou noutro sistema solar. Sim, também não consigo ler muito bem as placas de saída das estradas - mas todos sabem que em  Portugal somos tão poupadinhos em sinalização de trânsito, logo o facto de eu não conseguir ver os sinais não quer dizer nada: muitas vezes são inexistentes!
Pelo menos teve a decência de não afirmar o que uma "colega" deixou escapar há uns meses, que seria fruto do avançar do tempo.

Logo, lá vou eu começar a nova contenda: em busca dos óculos que K gosta / fiquem bem. Podia ser pior (pode sempre), é certo. Mas... numa altura em que o meu objectivo é só um: os meus preparativos para a minha viagem de sonho (uma delas), que está quase a "chigar". Pensando bem, não deixa de ser um dos preparativos: pelo menos vou conseguir ver tudo muitíssimo bem.

tags: ,
publicado por K às 08:47

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)