Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sábado, 20 de Setembro, 2008

Hoje estou em dia cinzento. Nem é branco, nem preto.

Estou...

Apesar dos pesares, já consigo dormir algumas (boas) horas seguidas. O que é, sem dúvida, um bom sinal, estou no bom caminho.

Esta noite dormi 12h30 yes!!!

Ontem, lá experimentei o combinado comboio+carro de aluguer.

Sem dúvida que consigo descansar, trabalhar, enquanto ando de comboio.

E o carro que me saiu na rifa, na empresa de aluguer? Foi um seat leon. Muito bom, mesmo...

Acordei bastante cedo, antes das 05h. Às 05:50 já estava na estação do oriente à espera do alfa das 06:11. Ainda noite cerrada.

Fiquei estupefacta ao ver tantos sem abrigo a dormirem junto às saídas pedonais do parque de estacionamento. Pelo menos têm um ambiente "quente". Mas são daquelas situações que não consigo ficar indiferente.

À hora marcada, lá surge o alfa.

Não havia muita gente, mesmo assim, fiquei surpreendida, porque esperava muito menos. A minha carruagem ía meio preenchida.

Por volta do entroncamento começamos a ver os primeiros raios de sol.

À hora marcada lá chego à estação de Aveiro.

Familiarizo-me com o leon - já disse que gostei muito? até cruise control, obviamente que experimentei, tinha! - e sigo para a A1. Destino: a delegação da minha empresa no norte.

Saí no sítio correcto, mas, depois, resolvi tomar a direcção errada. Andei mais de uma hora perdida... de um lado para o outro, a tentar chegar ao meu destino. Ainda para mais tinha deixado o tom-tom em casa... típico. O que me valeu foi um dos tufones ter o google maps e... não fosse isso, ainda agora andava por lá, a correr as terrinhas todas.

Consegui chegar à delegação a tempo. De lá fomos para a reunião no cliente - afinal foi essa a razão da minha viagem. Em breve descobri que não querem nada com a minha área... viagem à asneira, foi o que foi. uindo. Eu até nem tenho nada para fazer, mesmo.

Voltamos à delegação, almoço com o resto dos colegas, regresso novamente... estava a meio de um telefonema com um cliente, quando percebo que já estava atrasada para a minha viagem de regresso.

Felizmente que não me enganei em nada... consegui chegar à Aveiro às 15:55.

Consegui, igualmente, colocar em stress a recepcionista da empresa de aluguer, ao dizer-lhe que estava quase a perder o comboio... do melhor. Nesta altura eu ainda pensava que o comboio era às 16:11.

Esta foi, sem dúvida, a parte mais negativa de tudo... o "strec" de quase perder o comboio... durante uma hora e tal... Não sei se futuramente, aguento este strec. Mais a mais, a maior parte do tempo eu não tenho hora para sair dos clientes...

Chego à estação para perceber que afinal, o comboio passava às 16:21 (tinha mais dez minutos). E que até vinha com atraso, a chegada prevista tinha passado para as 16:33. Cada vez melhor.

Vou inspeccionar as casas-de-banho e logo desisto da ideia: é que cobram 0,50€.

Não é normal.

Atrasado, o comboio lá chega. Provavelmente pela hora, este vem apinhado - ninguém de pé, mas os lugares todos ocupados.

Entre barulho, cansaço do dia... acabo por passar pelas brasas (depois de ter posto alguma coisa, mas pouca, do trabalho em dia).

Chego, finalmente, a casa às 20h, completamente morta.

Ainda consegui comer qualquer coisa e vou direitinha para a cama.

Desliguei os tufones todos.

Hoje acordei às dez e tal.

Passei a manhã a devorar o livro que a Mary me deu.

Sem dúvida que é completamente adequado para a minha situação actual e, talvez por isso, estou a gostar tanto...

Agora a ver se vou almoçar qualquer coisita e... depois logo se vê.

Depende. Do meu estado de espírito. Essencialmente disso.

Talvez vá trabalhar, tenho mesmo muita coisa para despachar.

Talvez vá passear. Beber um cafézinho com alguém.

On va voir.

tags:
publicado por K às 13:58

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)